Ganso pode ir para o Orlando City por contas de dívidas do São Paulo

Na semana passada, o clube norte-americano Orlando City mostrou interesse no futebol de Paulo Henrique Ganso. A proposta foi apresentada, porém, o Tricolor paulista recusou.

Surge então uma ação do clube americano contra o São Paulo, alegando que o clube brasileiro não teria cumprido o contrato de empréstimo de Kaká, no ano passado.

Por conta disso, o Orlando fez pressão e promete mover novas ações na justiça caso o clube não cumpra o que foi prometido, e a única forma de fazer o Orlando voltar atrás seria aceitando a proposta por Ganso.

As divídas do São Paulo parecem aumentarem dia após dia e nem as vendas que o clube fez mês passado consegue aliviar tudo o que o time está devendo sendo que o clube passou cerca de 4 meses sem pagar salários aos jogadores neste ano e só pagou por conta do dinheiro que veio através das vendas de Paulo Miranda, Souza e Denilson no mês passado.

Segundo foi informado, o clube norte-americano entrou com uma ação na justiça cobrando 14 milhões do São Paulo. A proposta do Orlando seria de 19 milhões no total, mas o São Paulo receberia apenas 5 milhões já que haveria o perdoamento da dívida e o clube americano desistiria da ação movida na justiça para obter os pagamentos mas o Tricolor ainda teria que realizar uma última promessa que ficou no acordo que seria um amistoso entre os clubes no Brasil com direito de 80% da renda para o Orlando City, enquanto o São Paulo ficaria apenas com 20%.

O interesse do São Paulo era negociar Paulo Henrique Ganso por 15 milhões de euros e até o momento o clube tem batido o pé neste valor, mas como o período financeiro do time não está muito favorável o Orlando está disposto a conversar e resolver o caso sem problemas caso o time paulista queira. A mudança para a MLS é vista com bons olhos por Ganso que é amigo de Kaká e reencontraria o parceiro de meio campo na sua melhor fase no São Paulo em termos de rendimento dentro de campo.

Postar um comentário

0 Comentários