Análise da Partida: Internacional 2 x 0 Santa Fé


Na partida de ontem(27), vimos um Inter guerreiro. Vimos um Inter que quer o tricampeonato da Libertadores. Não estou falando isso só porque sou colorado, mas sim, porque quero ver sim um time brasileiro levantando o caneco da competição.

Gritei muito quando o Rafael Moura fez o segundo gol no finalzinho, e sim, também gritei muito quando o Juan fez o primeiro gol aos 2 min do primeiro tempo.

Mas vamos ao que interessa!

Com sua grande equipe, o Internacional foi pra cima do Santa Fé, pois precisava do resultado. Logo aos 2 min de jogo, Juan o placar para alegria dos colorados do Brasil inteiro. Cada bola que passava na frente do goleiro Alisson era um suspiro.

Os colombianos não tinham piedade, e Eduardo Sasha saiu logo aos 15 minutos do primeiro tempo, por conta de uma lesão. Veio a campo o mais novo ídolo colorado: Valdívia.

Com ele em campo, o Inter tinha muita velocidade, mas os chutes não acertavam o alvo. O goleiro colombiano defendeu muito na partida.

No segundo tempo, a equipe colombiana perdeu dois jogadores, ambos por expulsão. Mosquera foi expulso aos 21 min. do segundo tempo, após falta em Nilmar. 

Aos 37, Anchico acabou por seguir o caminho de Mosquera e foi expulso. Com nove, não teve jeito. Já perto do fim, D´Ale cobrou escanteio, Rafael Moura desvia e a zaga também: bola na rede, vaga colorada. 



Postar um comentário

0 Comentários