Jobson tem suspensão de quatro anos determinada pela FIFA

© VITOR SILVA / SSPRESS
A carreira do atacante Jobson recebeu mais um duro golpe nesta sexta feira. A FIFA confirmou a suspensão do atacante por quatro anos, por se recusar a passar por exame antidoping quando defendia o Al Ittihad, na Arábia Saudita. O Botafogo vai recorrer, mas o atacante está fora da primeira final do Carioca.

Isso já era esperado pelo clube alvinegro, mas chega em cima da hora para Renê Simões, que perde o atacante ao menos para o primeiro jogo da final estadual, contra o Vasco, no domingo. A presença de Jobson na partida de volta ainda é uma incógnita.

Na Arábia Saudita, Jobson passou por mais uma polêmica na carreira. O jogador se recusou a fazer exame antidoping em 25 de março de 2014, em uma decisão que acabou lhe rendendo quatro anos de suspensão pelo comitê local. Os advogados do atacante sempre contestaram a punição, mas a Fifa decidiu por confirmar a pena.

Jobson, no momento, tem quatro anos de suspensão por cumprir, o que praticamente encerraria sua carreira, até pela idade: poderia voltar apenas com 31 anos. O Botafogo prometeu recorrer da decisão.

Não será a primeira punição de Jobson por doping. O jogador testou positivo para cocaína em 2009 e confessou à época o uso de crack.

Postar um comentário

0 Comentários