Atlético Mineiro vence Colo Colo e se classifica na Libertadores

Foto: Gazeta Press
Na noite desta quarta-feira(22), o Clube Atlético Mineiro entrou em campo buscando a classificação contra a equipe do Colo Colo.

Os mineiros se qualificaram em segundo no grupo, eliminando os chilenos. O Santa Fe, que venceu o Atlas, terminou na liderança da chave. 

A pressão inicial do Atlético Mineiro foi forte. A torcida, que prometeu empurrar durante os 90 minutos, gritava alto. 20 mil atleticanos no Independência faziam barulho por 40 mil. 

O gol demorou 19 minutos para sair. Patric deu o passe para Lucas Pratto na área. O argentino não perdoou e bateu de direita para balançar a rede. 

Mesmo após o tento, o Galo seguiu no ataque. Claro, o 1 a 0 não dava a vaga. Douglas Santos teve chance de marcar o segundo pouco depois, mas o goleiro Garcés fez a defesa. Guilherme também deu trabalho ao arqueiro. 

O primeiro tempo terminou debaixo de muita chuva. Um dilúvio caiu em Belo Horizonte. O gramado não foi tão prejudicado, mas as equipes foram ao vestiário com o 1 a 0 em favor dos mandantes. 

A partida foi mais brigada no segundo tempo. Os chilenos não queriam jogo. Queriam confusão, bola parada e que o tempo passasse bem rápido. 

O Atlético jogava bola. Jogava porque precisava, mas também porque tinha mais categoria que o adversário. Colocava a redonda no chão e buscava a vaga. 

Aos 20 minutos, Luan recebeu na área de Guilherme e foi derrubado pelo goleiro: pênalti. Guilherme bateu e acertou a trave. O time precisava levantar a cabeça após o momento complicado. 

Rafael Carioca descomplicou. Foi um momento mágico. O lance começou com Guilherme recuperando uma bola perdida, que bateu na bandeira de escanteio e não saiu. O volante ajeitou e bateu bonito, com a bola no alto. Foi um petardo, no ângulo do goleiro, que nada conseguiu fazer. Um senhor gol. Se perguntarem em Belo Horizonte se foi um milagre, a resposta será rápida: não é milagre, é Atlético Mineiro. Galo no mata-mata. 

Postar um comentário

0 Comentários