Header Ads

Fluminense vence Flamengo nos pênaltis e é campeão da Taça Guanabara

© NELSON PEREZ/ FLUMINENSE
O Fluminense é campeão da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. A conquista veio, após o Tricolor das laranjeiras vencer o Flamengo, nos pênaltis, num clássico de tirar o fôlego dos torcedores.

Com as duas equipes ofensivas e criativas, o empate foi o resultado mais justo. Mas como o troféu não pode ser dividido, o Fluminense acabou por festejar.


Primeiro tempo de puro futebol

Logo aos quatro minutos, após cobrança de falta de Diego, Wellington Silva puxou o contra-ataque do campo de defesa, parando apenas na área, quando tocou para o gol na saída de Muralha para abrir o placar.

O empate veio cedo. Aos oito minutos, Júlio César errou ao tentar cortar levantamento na área, Guerreiro escorou para Rafael Vaz completar. Henrique tirou em cima da linha, mas William Arão estava espertou para empatar.

A virada veio aos 23 minutos, quando Pará cruzou da direita e Guerrero cabecear para defesa de Júlio César. Na sobra, Everton escorou para as redes, também de cabeça.

Aos 32 minutos, Guerrero cortou escanteio com a mão e o árbitro marcou pênalti. Henrique Dourado cobrou e fez, empatando novamente a partida.

A virada Tricolor veio ainda no primeiro tempo. Lucas apareceu de surpresa na área, recebendo assistência de Wellington Silva. O lateral esperou a saída de Muralha, para estufar as redes.

Guerrero leva a decisão para os pênaltis

Em um segundo tempo movimentado, o Flamengo buscava o gol de empate, enquanto o Fluminense apenas esperava o adversário atacar.

Aos 40 minutos, em falta na entrada da área, Guerrero bateu com perfeição, rente à trave, empatando o clássico.

Flu vence nos pênaltis

Diego cobrou o primeiro pênalti, batendo firme e no alto. Lucas deslocou o goleiro antes de colocar a bola no fundo das redes. Guerrero deu uma bomba no meio do gol, dando sequência à disputa. Henrique colocou a bola no canto.

Réver cobrou mal e, com os pés, Júlio César defendeu. Na sequência, Marquinhos deixou o Flu em vantagem. Rafael Vaz bateu pra fora. Marcos Júnior marcou e decretou o tricolor como campeão.


Nenhum comentário