Header Ads

Corinthians ameaça não disputar a Copa Libertadores de 2016

O superintendente de futebol e ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, criticou a premiação do principal torneio sul-americano e disse que o clube não o disputará se a Conmebol não aumentar a cota para o ano que vem. Ele e o presidente Roberto de Andrade estarão no Paraguai na próxima semana para o sorteio dos grupos do torneio, que será realizado na terça-feira, e conversarão com dirigentes da entidade.

– Vamos para o Paraguai um dia antes do sorteio para conversar. Se não aumentarem as cotas, a gente não vai disputar a Libertadores. Essas cotas são ridículas. As do Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro são maiores do que as da Libertadores – ameaçou Andrés, durante um evento de doação de sangue no Itaquerão na manhã deste sábado.

O dirigente também criticou a falta de apoio da Conmebol à exibição dos patrocinadores dos clubes.

– Não tem problema nenhum para nós. O Corinthians fica tranquilo se não disputar a Libertadores. Eles não estão preocupados com times brasileiros. Tem que aumentar a cota, poder colocar nossos patrocinadores. A Conmebol não deixa exibir o nome dos patrocinadores, não tem cabimento isso.

Atualmente, os clubes brasileiros recebem cerca de US$ 120 mil (aproximadamente R$ 460 mil) por jogo da Libertadores. Na visão de Andrés, seria necessário mais do que o dobro, principalmente por conta das viagens para outros países. Outro problema que incomoda o dirigente alvinegro é que nas partidas em casa é preciso destinar 10% da renda bruta para a Conmebol, além dos 5% para a Federação Paulista de Futebol.

De acordo com o superintendente, o presidente Roberto de Andrade discutiu essa posição com outros clubes brasileiros, mas o Corinthians é o que tem mais chance de não disputar a Libertadores.

– O presidente conversou com os clubes, está todo mundo mais ou menos com essa ideia, mas o Corinthians tem mais certeza de que não vai jogar – afirmou Andrés.


Além de Corinthians, Palmeiras, Atlético-MG, Grêmio e São Paulo se classificaram para a Libertadores de 2016. O tricolor paulista, entretanto, ainda terá que disputar a primeira fase da competição, enquanto os outros quatro entram diretamente na fase de grupos.


Nenhum comentário