Header Ads

Camisa feminina do Manchester causa polêmica

A adidas, patrocinadora do Manchester United, recentemente lançou a camiseta feminina do clube, porém, o modelo está causando pôlemica.

Pelas redes sociais, diversas torcedoras reclamaram de um decote supostamente exagerado na peça e acusaram a empresa alemã de sexismo.

“Sério, Adidas? Por que a gola V é tão baixa comparada à da camisa masculina? Algumas de nós não gostam de decotes. Eu chamo isso de discriminação. A Nike nunca fez isso”, reclamou a usuária @MUnitedGirl, noTwitter – a companhia americana não tinha uniforme feminino em sua linha do United.


O desabafo repercutiu, e muitas outros fãs do clube, tanto homens quanto mulheres, reprovaram a fabricante alemã pelo desenho do uniforme.

No Facebook, a usuária Lucy Varley, de 20 anos, postou que a camisa é uma “desgraça”: “Muitas vezes vou com meu pai aos jogos, mas nunca usaria essa camisa para ir ao estádio, me sentiria muito mal, pois ela é muito reveladora, não ficaria confortável e não conseguiria relaxar. Também não conseguiria pular ou torcer usando ela”, detonou.

Por meio de sua assessoria, a Adidas respondeu às críticas e disse que já lançou versões femininas de uniformes de outros clubes que patrocina, como Chelsea, Bayern de Munique, Real Madrid e Palmeiras. A empresa afirmou que quis apenas dar opção às fãs mulheres, para que elas não precisassem comprar e usar o uniforme masculino.

“A Adidas fornece uma camisa adulta que é a réplica do que os jogadores usam. Baseada em pesquisas com torcedores, também oferecemos uma camisa feminina, que faz parte de nosso acervo de produtos. Ela tem um desenho um pouco diferente e tem o intuito de dar mais opções aos fãs”, afirmou a gigante do material esportivo.

Nem todos, aliás, execraram a nova camisa. Muitas torcedoras gostaram do desenho mais decotado e também deram sua opinião nas redes sociais.


“Sexismo? Uma camisa feminina foi feita pela primeira vez, então isso não é algo positivo para as torcedoras? Sobre a gola, ela é mais feminina. Nem toda torcedora quer se vestir como um homem. É questão de escolha. Francamente, é melhor que exista mais do que uma opção, não é?”, argumentou a internauta Sarah Penman, também no Facebook.

Nenhum comentário