Header Ads

Com uma bela atuação, Inter goleia a La U em Santiago e emcaminha a classificação

Nilmar, um dos destaques colorado. Foto: Site Oficial
Na noite desta quinta-feira (17), o Internacional goleou a Universidad de Chile em Santiago, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores.

Foi uma goleada histórica, a maior do time colorado na competição (que até então era de 4 a 1 sobre o Juan Aurich, na edição de 2011). O resultado deixou o Inter com 10 pontos, na liderança isolada e com a vaga encaminhada às oitavas de final. Na próxima quarta-feira (22/4), às 17h30, receberá o The Strongest no Beira-Rio, na última partida da fase classificatória. É jogo para confirmar o primeiro lugar do Grupo. Todos ao Gigante!

Inter começa implacável

A partida começou com a La U tentando pressionar a equipe colorada, mas o Inter estava bem posicionado em campo e controlou os chilenos. Muito bem armado pelo técnico Diego Aguirre, quando tinha a posse de bola, buscava avanços rápidos na tentativa de surpreender. E a tática deu certo! Aos 8min, o goleiro Herrera se atrapalhou em um recuo feito pelo lateral Corujo e Nilmar apareceu como elemento surpresa, em altíssima velocidade, para roubar a bola na pequena área e empurrá-la para o fundo do gol. Não poderia ser melhor o início de jogo para o Inter!

Poderia, sim! Aos 12min, em um contra-ataque letal, chegou ao segundo gol. A bola foi roubada na defesa por Juan, D'Alessandro fez rápida ligação para Nilmar, que serviu para Eduardo Sasha. Com muita qualidade, o garoto formado no Celeiro de Ases invadiu a área em velocidade e chutou para fazer 2 a 0! Que alegria colorada!

Nilmar rompe o gramado para fazer 3 a 0
Aos 31min, mais um ato espetacular do Inter em Santiago! Nilmar arrancou com a bola dominada desde o meio-campo, avançando em largos passos em direção à área. Com agilidade, passou no meio de dois marcadores e conseguiu completar no cantinho esquerdo para colocar o três no placar. Golaço! 3 a 0! Foi o terceiro gol de Nilmar na Libertadores. O primeiro tempo acabou com o Campeão de Tudo dominando a Universidad no Chile, que não conseguiu esboçar reação. 
D'Ale perde pênalti
Já na etapa final, aos 4min, Nilmar ganhou, mais uma vez, na velocidade dos zagueiros e, quando pisou na área, foi derrubado. Pênalti! D'Alessandro bateu, Herrera defendeu, Valdívia, que havia entrado no lugar de Jorge Henrique no intervalo, chutou no rebote e o goleiro chileno espalmou para escanteio. Ato contínuo, torcedores chilenos começaram a arremessar objetos para o gramado, paralisando a partida por alguns instantes.
Valdívia encerra a goleada
Nada que abalasse a disposição colorada . Aos 12min, Sasha fez grande lançamento para Valdívia, que mostrou muita qualidade na finalização: na meia-lua, o atacante deu dois toques na bola, um com o pé, para o lado esquerdo, e outro com a cabeça, antes de disparar o chute que passou entre as pernas de Herrera. 4 a 0! Foi, sem dúvida, uma goleada com a assinatura do Celeiro de Ases, construída por jogadores formados dentro do Beira-Rio.
O Colorado sobrava em campo contra uma desesperada La U. Aos 18min, Valdívia tentou por cobertura, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 30min, Valdívia esticou a bola para Nilmar, que por muito pouco não chegou a tempo para finalizar do interior da área. Aos 37min, Espinoza cabeceou sobre o travessão, na melhor oportunidade até então. Aos 41min, Espinoza, novamente, tentou encobrir Alisson, mas o goleiro estava atento e fez a defesa com tranquilidade. Nada mais mudava a atuação magistral do Inter em solo chileno!
"Vitória de um time organizado, que teve uma atuação incrível", elogiou o presidente Vitorio Piffero.
"Apresentamos um grande futebol, com muita dinâmica. Vitórias convicentes são necessárias para trazer qualidade", disse o técnico Diego Aguirre.
"Os gols marcados cedo nos ajudaram muito. Foi uma grande vitória, mas ainda temos que trabalhar muito, não tem nada ganho", ponderou o diretor de futebol Carlos Pellegrini.

Nenhum comentário