Header Ads

"Impossível Neymar me substituir" diz Pelé

Getty Images
Pelé, o 'Rei do Futebol', diz que é impossível Neymar substituí-lo. O "Rei" é uma unanimidade do Brasil, até para que não o viu jogar. Basta olhar o filme "Pelé Eterno", ou ver os números com atenção. Mais de 1200 gols registrados, três Copas do Mundo, e todos os títulos disputados. O ídolo maior do Santos garante que está tranquilo em manter a sua coroa de 'Rei do Futebol', mesmo diante da ascensão de Neymar.

Com apenas 23 anos, Neymar já marcou 42 gols pela seleção Brasileira, e vive a expectativa de superar Jairzinho, que marcou 44 gols. O jogador tem tudo para ir atrás do recorde de 95 gols de Pelé.

Mas, quando questionado se Neymar pode substituí-lo como 'filho favorito' do futebol brasileiro, Pelé afirma: "Acho que não".

"Eu acho que para ser o novo rei, o novo Pelé, é impossível. Porque a minha mãe e meu pai já fecharam a máquina. Acho que ele é um excelente jogador, ainda jovem e que vai ser uma grande estrela, sem dúvidas"

Aos 74 anos, Pelé acredita que se hoje estivesse na ativa, estaria jogando ao lado de grandes jogadores como Lionel Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo.

"Se você perguntasse, Beethoven seria importante agora? É claro que sim", disse Pelé em evento na Austrália.

"Uma coisa que as pessoas se esquecem é que me foi dado um dom para jogar futebol, e isso é algo que ninguém pode julgar", disse Pelé, confiante em seu brilhante histórico.

Pelé não escapou das perguntas sobre a goleada de 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014. Tal como um embaixador não-oficial do futebol brasileiro, Pelé confessa que sua tristeza.

"Eu chorei", disse Pelé, que foi além: "É lamentável que as duas Copas do Mundo disputadas no Brasil, em 1950, quando eu tinha nove anos de idade, perdemos. E agora nós perdemos de novo. Isso é algo que ninguém pode explicar"

Pelá garantiu que está ao lado de Dunga: "Acho que com o Dunga tem um estilo diferente do Felipão, mais defensivo, mas que eu acredito nele. Dunga pode montar uma boa Seleção. Eu espero que a gente ganhe a Copa de 2018, na Rússia".




Nenhum comentário