Header Ads

Corinthians vence na Argentina, e Assume a Liderança


Na noite desta quarta-feira (04), o Internacional entrou em campo para enfrentar o Emelec do Equador, pela Copa Libertadores da América.

O San Lorenzo começou como se tivesse a torcida toda a seu favor. Logo no primeiro ataque, Buffarini cruzou da direita para Blanco, livre na área, cabecear ao lado, jogando para fora chance incrível.
O time argentino seguiu sendo o melhor em campo por 15 minutos, criando muita dificuldade para a saída de bola corintiana. Quando o time de Tite começou a sair para o jogo, com Mendoza mais solto no ataque, o San Lorenzo passou a abusar das faltas duras. Renato Augusto foi vítima da violência dos donos da casa e saiu de campo no intervalo com torção no tornozelo.
O Corinthians também teve sua chance de abrir o marcador. Elias arrancou do meio-campo, abriu na direita para Danilo e se apresentou na área para receber o cruzamento e cabecear no canto. Torrico fez boa defesa.
Cristian foi a escolha de Tite para o lugar de Renato no segundo tempo. O Corinthians perdeu criatividade e ganhou na marcação. O reforço defensivo de nada adiantou aos 10 minutos. Quignón lançou Más por trás da zaga e o lateral cruzou rasteiro, deixando Mauro Matos com o gol vazio a frente. Matos se atirou na bola de carrinho e fez o mais difícil: acertou a trave. No lance seguinte, o atacante tentou de cabeça e errou por muito pouco.
O Corinthians deu sorte ao não sofrer o gol. Deu sorte também ao abrir o placar. Elias dominou a bola no meio-campo e escapou em velocidade até a área. Quando tentou abrir para Petros, a bola tocou na defesa e voltou na medida para o meia encher o pé e marcar seu quarto gol na Libertadores.
O San Lorenzo se esforçou para buscar o empate, mas definitivamente a sorte estava do outro lado. O time argentino teve pelo menos mais três oportunidades claras de gol, duas com Cauteruccio e outra com Caruzzo. No fim, o Corinthians resistiu à pressão argentina e assegurou mais três pontos.

Nenhum comentário