Header Ads

Com gol de Rakitic, Barcelona vence Manchester City e avança na Liga dos Campeões


© GERMAN PARGA - FCB

A equipe catalã do Barcelona venceu o Manchester City pela Liga dos Campeões, e avançou para as quartas de final.

Nesta quarta-feira, Hart foi o grande nome, impedindo goleada do Barcelona. Melhor nos 180 minutos das eliminatórias, o time espanhol venceu por 3 a 1 no agregado e agora espera o sorteio das quartas, na sexta-feira, para saber quem será o próximo rival.

Logo aos seis minutos, Neymar quase abriu o placar. O atacante buscou o canto e acertou a trave, pelo lado interno. A redonda passou paralela à linha do gol, fazendo uma curva, e saiu ao lado da trave oposta. Para completar o massacre inicial, Messi tabelou com Iniesta e fuzilou Hart, que fez a defesa. 

Aos 30 minutos o Barcelona transformou a superioridade em gol. Messi armou o contra-ataque rápido pela direita e, com visão de jogo e precisão, inverteu para Rakitic. O meia dominou e tocou por cobertura na saída de Hart. A contagem só não aumentou antes do intervalo porque Suárez repetiu Neymar e parou na trave.

O City voltou para o segundo tempo com Navas no lugar de Nasri, que escapou por pouco do vermelho no primeiro tempo. A tentativa de Manuel Pellegrini não rendeu frutos. Logo no primeiro ataque, Rakitic testou Hart com chute forte, embora no meio do gol, no que deu início a um bombardeio ao goleiro, que ainda defendeu finalizações de Jordi Alba e Messi na sequência.
Depois de resistir aos 10 minutos iniciais, o City se atirou ao ataque de qualquer forma e passou a levar perigo à área de Ter Stegen. Faltava alguém para completar para o gol. O jogo ficou ainda mais divertido, já que o Barcelona respondia com contra-ataques poderosos e Hart fez dois milagres em sequência tirando a bola dos pés de Messi no um contra um.
Hart, aliás, foi o principal nome do time de Manchester. Depois de parar Messi, o goleiro fez o mesmo com Neymar, tirando a bola dos pés do brasileiro por duas vezes quando a defesa já estava batida. Pena para o City que do outro lado Ter Stegen também brilhou ao defender pênalti de Agüero.
No desespero, o City se abriu ainda mais na reta final. Não fosse por Hart, o Barcelona teria goleado. O goleiro chegou a ponto de deixar Messi caído no chão, desacreditado, depois de ver seu chute quase da pequena área ser defendido pelo arqueiro inglês.



Nenhum comentário